Real Estate Portugal

Comprar um imóvel em Portugal

Nos últimos anos, Portugal tornou-se uma excelente alternativa para outros mercados imobiliários europeus. Especialmente durante crises como a do Coronavírus, o setor imobiliário é uma excelente opção de investimento devido aos retornos estáveis e preços mais baixos.

 

Segundo a Forbes, Portugal será um dos melhores lugares para se viver após a crise provocada pela COVID-19. Ao contrário de outros países do sul da Europa, Portugal não sofre muito com o vírus porque as ações foram tomadas rapidamente e o país mostrou muita autodisciplina.

 

Aqui, você encontrará tudo o que precisa saber sobre imóveis em Portugal e muitas dicas úteis sobre aluguel, compra de imóveis ou construção de uma casa. Forneceremos todas as informações necessárias sobre o processo de compra, as melhores opções de investimento, as diferentes regiões, o aluguel turístico e o custo de compra e financiamento em Portugal.

 

Além disso, explicaremos como planejar visitas à propriedades, o que é o certificado energético português, que tipo de seguro você precisará e como funciona o sistema de imposto predial. Informaremos onde obter seu número de contribuinte, como encontrar operários/pedreiros  confiáveis, oportunidades para aposentados e também sobre o nível do mar em Portugal em 2040 devido às mudanças climáticas.

Nós da Pearls of Portugal oferecemos os serviços essenciais de corretagem para a compra de um imóvel em Portugal e sempre temos ofertas atuais e selecionadas em nosso site. Somos líderes de mercado no acompanhamento de clientes internacionais em Portugal. Conosco ao seu lado, pode ser fácil comprar um imóvel aqui!

 

 

Tudo o que você precisa de saber sobre serviços imobiliários!

Conteúdo


Compra de uma casa com um agente imobiliário independente

Como agente imobiliário independente, nós trabalhamos para você, o comprador. Comprar imóveis em Portugal não é fácil para investidores internacionais, há uma infinidade de portais on-line e milhares de corretores que podem ser usados para pesquisar imóveis. Muitos compradores interessados não falam português e a legislação e os padrões legais na comercialização de imóveis são muito diferentes em comparação com outros países.

 

Nós da Pearls of Portugal somos o principal agente comprador em Portugal, que encontra o melhor imóvel para os clientes e torna a compra o mais segura e barata possível. Trabalhamos sempre independentemente do preço de venda. Trabalhamos com base em uma taxa fixa e baseada no desempenho.

 

Oferecemos todos os serviços relacionados à compra da sua propriedade!

Fornecemos amplos serviços jurídicos para tornar a compra o mais econômica possível, e não comercializamos apenas propriedades prontas para uso, nosso portfólio é todo o mercado. Dessa forma, temos a melhor transparência do mercado e podemos selecionar as melhores opções de imóveis para você.


Compra de imóveis como investimento

Ao comprar imóveis em Portugal, o foco é geralmente o uso privado como casa de férias ou como espaço de convivência durante todo o ano, mas Portugal também é uma excelente localização para um bom investimento, pois além dos retornos do aluguel turístico, também existem excelentes condições para alugar espaços residenciais e comerciais. Você pode descobrir quais alternativas são mais adequadas para você em nosso site. Teremos o maior prazer em aconselhá-lo sobre os vários investimentos.

Aluguel de Turismo (Alojamento Local)

Os portugueses chamam de Alojamento Local os imóveis destinados a aluguéis de temporada, aluguéis de curta duração e até pernoite, como o AirBNB por exemplo. Em contraste com outros países europeus, o turismo e o fornecimento de acomodações turísticas têm uma reputação muito positiva em Portugal, e nesse sentido, isso também é promovido pelas comunidades, representando atualmente 48,2% da oferta de leitos no país. Como pessoa física, você pode facilmente registrar uma propriedade para locação e solicitar as licenças. Normalmente, isso não leva mais de cinco dias úteis.

 

Em Portugal, no entanto, também existem fatores que devem ser levadas em consideração. De uma perspectiva de investimento em Portugal, os apartamentos nos centros do Porto e Lisboa são particularmente adequados, mas também em regiões de férias clássicas, como o Algarve ou o Alentejo. Para os imóveis nas cidades, existem requisitos preciosos para se alugar com sucesso. Por exemplo, os imóveis devem estar localizados centralmente, com bom acesso ao transporte público. Além disso, quando um imóvel oferecido para aluguel for antigo ele deverá estar em excelentes condiçãos, totalmente renovado e habitável. Em Lisboa e Porto, existem agora alguns distritos onde a emissão de novas licenças de aluguel para turistas é limitada.

 

Você pode encontrar mais sobre isso nos capítulos sobre Porto e Lisboa abaixo. Os alojamentos estabelecidos geram uma média de € 25.000 a € 45.000 por ano. Uma gerência profissional da propriedade cuida de todas as tarefas essenciais de aluguel e será paga com 20 a 30% das vendas. Após os impostos, o proprietário tem aproximadamente 65% do volume de negócios como lucro. O valor de investimento para os apartamentos correspondentes é de cerca de € 250.000.

Espaços Comerciais

A compra de espaços comerciais não tem sido um investimento amplamente difundido nos últimos anos. Os custos de aquisição para boas localizações são, em torno de € 1000 por metro quadrado, no entanto, o mercado ainda é atraente. Devido à falta de espaços suficientes para as demandas, os regulamentos para a conversão em espaço comercial tornaram-se significativamente mais fáceis.

 

Além disso, imóveis comerciais, como lojas, são atraentes porque você pode comprar imóveis com um orçamento mais baixo. Nas grandes cidades, as lojas menores custam entre € 30.000 e € 40.000. O retorno bruto dessas propriedades é de cerca de 8% a 10%, o que gera um retorno sólido em comparação com oportunidades de investimento mais caras. Além disso, o espaço comercial pode ser alugado por períodos prolongados e não possui altos custos de renovação.

Aluguel Clássico Residencial

Semelhante a outros países europeus, Portugal tem um déficit muito grave de moradias nas áreas metropolitanas. A proporção de condomínios costumava ser de 95%, nos últimos anos, o mercado se tornou um mercado robusto de aluguel, em particular, estão a demanda por apartamentos menores em prédios residenciais, que não estão no centro, mas com boas conexões com os centros da cidade e transporte público. Os preços iniciais para apartamentos com 2 a 3 quartos é de cerca de € 130.000 e, portanto, são significativamente mais acessíveis do que em outras grandes cidades europeias. Os preços do aluguel geralmente variam entre € 10 e € 13 por metro quadrado. Com um investimento de 280.000 €, o aluguel bruto é de cerca de 1.800 € por mês.

Hotéis e Albergues

Portugal é um destino de férias muito popular, com uma demanda crescente por turistas estrangeiros, e o mercado de hotéis e de albergues são correspondentemente grandes. Já é possível comprar propriedades com 10 a 20 camas por € 300.000 - € 400.000 e imóveis menores também podem ser mais baratos.

 

Muitos investidores concentram-se menos em um edifício principal clássico do que na construção de unidades móveis, através das quais a capacidade pode ser gradualmente expandida. Também vale a pena renovar edifícios nas cidades e dividi-los em salas/quartos diferentes. Além da gestão eficiente do hotel e sua localização, o conceito é crucial para ter sucesso a longo prazo. Existem muitos hotéis clássicos em Portugal, para se afirmar no mercado, é necessário ocupar um nicho ou uma característica única no mercado, que já deve ser considerada na compra.

 

Para orçamentos menores, há também a opção de construir um albergue em uma cidade maior ou um albergue/hostel de peregrinos no norte de Portugal. Teremos o maior prazer em ajudá-lo a planejar o investimento certo!


Regiões para compra de propriedades em Portugal

Como comprador, é aconselhável escolher primeiro uma região que atenda às suas necessidades pessoais. Muitos clientes gostam de olhar para um mapa e tentar justificar sua escolha racionalmente com e. g. tempos de viagem para cidades maiores. Mas ouça seu estômago e não sua cabeça. Com o clima bonito e visitas frequentes, você passa muito tempo na área circundante. Depois de determinada a região preferida, pode começar a procurar um imóvel em Portugal.

 

No entanto, as diferenças de preço são muito altas - especialmente entre as cidades e as regiões rurais em direção à fronteira com a Espanha. Além disso, emigrar para Portugal é diferente de passar algumas semanas de férias no país. Dessa forma, seria melhor que os investidores considerassem quais requisitos eles têm para que a região e a infraestrutura pudessem levar sua vida cotidiana normal, conforme desejado. Fatores como praias e localização isolada são menos importantes para estadias mais prolongadas. Portanto, ao escolher as regiões, alternativas no interior também devem ser levadas em consideração.

 

Lisboa

Real Estate Lisbon Portugal

A capital de Portugal e a maior cidade do país está, como Porto, localizada na costa atlântica. Ao contrário do Porto, Lisboa é uma metrópole muito mais animada. Aqui você encontra uma combinação de tradição, modernidade e pensamento liberal, como em outras cidades europeias. O charme despretensioso e o caráter cosmopolita de Lisboetas o tornam cada vez mais popular entre os investidores estrangeiros.

 

A cidade não possui uma figura de proa conhecida internacionalmente como o Muro de Berlim ou a Torre Eiffel. No entanto, convence com sua grande variedade de atrações, ofertas culturais e infraestrutura. Também oferece excursões ideais para destinos próximos, como Sintra, Cascais, Mafra, Óbidos ou Sesimbra. As belas praias do estuário do Tejo podem ser alcançadas em 30 minutos do centro de Lisboa. A demanda por apartamentos e casas aumentou significativamente nos últimos anos. Em particular, o aluguel de turistas por particulares aumentou tanto que até os políticos estão preocupados com os efeitos que isso pode ter na cidade. Em algumas partes, o aluguel como Alojamento Local foi suspenso. Isso significa que não há mais licenças sendo emitidas, mas claro, as autorizações antigas permanecem válidas. Uma visão geral da cidade de Lisboa sobre os distritos sem novas licenças pode ser encontrada aqui.

 

Se você deseja comprar imóveis em Lisboa, deve examinar atentamente a localização dentro da cidade pois os corretores de imóveis nem sempre são a melhor fonte de informação para a compra de um imóvel em Lisboa. Na Pearls of Portugal, sempre perguntamos diretamente à câmara da cidade se um apartamento é afetado pela restrição de licença ou não. Nos segmentos de preço médio e alto, no entanto, o leque de imóveis ainda é muito diversificado, o desempenho é estável e os preços ainda estão abaixo da média europeia. Mesmo nos subúrbios da moda de Sintra, Cascais e Sesimbra, você pode comprar casas e moradias acessíveis. Sinta-se livre para nos contatar.

 

Porto

Porto Real Estate Portugal

A cidade portuária do Porto é a segunda maior cidade de Portugal, depois de Lisboa. Está localizada na foz do Rio Douro, que define o cenário pitoresco do Porto. A região é famosa pela produção de Vinho do Porto. O labirinto de ruas estreitas do distrito da Ribeira é carismático para a cidade e você pode se perder facilmente em um dos inúmeros cafés ou restaurantes e passar algumas horas adoráveis.

 

Todo o centro é caracterizado por casas antigas, ruas estreitas e muitos vendedores ambulantes. O cenário cultural florescente, em particular, é valorizado por muitos visitantes e moradores, bem como pelo vasto leque de oportunidades de compras. Além do mercado fixo "Bolhão", existem vários outros mercados semanais e shopping centers onde você pode comprar comida local e moda internacional. O Porto tornou-se um dos destinos turísticos mais populares do mundo nos últimos anos. A cidade foi reconhecida várias vezes como a melhor cidade turística da Europa.

 

Muitos turistas visitam o Porto para uma viagem pela cidade ou usam o local como ponto de partida para visitar outras cidades no norte de Portugal, como Braga, Guimarães ou Coimbra. Também são populares passeios de um dia à região vinícola vizinha ou às praias de Espinho ou a Matosinhos na área do Porto. Há alguns anos, ainda era possível comprar propriedades dos sonhos no centro do Porto por menos de € 1000 por metro quadrado. Os preços subiram nos últimos anos, mas ainda são significativamente mais baixos do que em outras cidades europeias ou em Lisboa.

Em geral, é aconselhável comprar um apartamento se você quiser se mudar para o centro da cidade. As melhores áreas para aluguel turístico são os distritos de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória, já que os visitantes geralmente buscam acomodações no centro da cidade.

 

Gaia ainda oferece preços baixos para o Porto e também possui excelentes conexões com o metrô. Embora esta área também tenha belas praias, os habitantes locais tendem a comprar propriedades ao norte do Douro. Para uso pessoal, ainda é possível obter boas pechinchas aqui. Como em Lisboa, há uma alta demanda por licenças de aluguel turístico e em alguns distritos da cidade, a reemissão da licença também foi suspensa. Você pode encontrar uma visão geral aqui. Ficaríamos felizes em aconselhá-lo!

 

Algarve

Algarve beach

O Algarve é a região mais meridional de Portugal e é conhecida pelas suas praias, paisagens de falésias e centros turísticos borbulhantes. A região costeira é densamente povoada com uma alternância de encantadoras aldeias de pescadores e pequenas cidades. A área também é conhecida por seus excelentes campos de golfe, que atraem muitos jogadores internacionais todos os anos e oferecem instalações de hotéis correspondentes.

 

O Algarve tem os dias mais ensolarados de toda a Europa, o que torna as propriedades especialmente atraentes para uso permanente, mesmo no inverno. O verão é quente e seco, e o inverno é muito ameno. As temperaturas raramente caem abaixo de 10 graus nesta temporada e às vezes chegam a 20 graus. As melhores e mais famosas praias de Portugal estão no Algarve. Existem mais de 15 grandes praias que podem ser alcançadas rápida e facilmente de carro. A praia Odeceixe está alinhada com falésias imponentes, com o mar de um lado e o rio do outro. É ideal para famílias, avós e netos, pois as crianças mais novas podem desfrutar do rio tranquilo enquanto os adultos podem desfrutar do mar. O Algarve é muito popular entre os turistas. Portanto, a região possui uma ampla variedade de restaurantes, cafés, bares, lojas e ofertas de lazer. A faixa costeira "Litoral" densamente povoada forma o centro turístico do Algarve.

 

Alugar um imóvel é particularmente atraente no verão. Lugares populares para comprar imóveis são Tavira, Monte Gordo, Vale de Lobo, Vilamoura, Albufeira, Carvoeiro e Ferragudo. As propriedades no Algarve situam-se no segmento de preços médios a superior para Portugal. Acima de tudo, estamos à procura de moradias isoladas com piscina para uso pessoal. Se você aluga ou deseja usar a propriedade ocasionalmente, um apartamento nas pequenas cidades também pode ser atraente. Ficaremos felizes em fornecer mais informações.

 

Costa Atlântica

silver coast Portugal

A costa atlântica de Portugal se estende por quase 700 quilômetros em todo o lado oeste do país. A costa oferece uma grande variedade de paisagens, cidades e culturas. Cada região da costa tem um caráter distinto e atrai turistas com falésias, praias e muita natureza. No passado, a área era formada principalmente por hóspedes de alta temporada, durante o verão de Portugal.

 

Apesar das temperaturas mais baixas do mar, muitas pessoas desfrutam do excelente clima nas famosas praias principais do verão. Entretanto, muitos turistas internacionais descobriram a região por si próprios. Isso inclui principalmente visitantes interessados em surfar, pescar ou fazer caminhadas. Mas você não encontrará nenhum turismo de massa, como no Algarve. Além de aldeias menores, muitas pequenas cidades marítimas se estendem ao longo da costa, cuja visita implica uma curta viagem no tempo para um mundo significativamente desacelerado. Aqui estão alguns exemplos. Uma cidade internacionalmente desconhecida é Esposende, no norte de Portugal. A cidade também é frequentemente comparada a Lagos, no Algarve, devido aos belos canais marítimos. Em termos de paisagem, a região é semelhante ao mar Báltico, mas tem um clima significativamente mais quente. Os investidores são atraídos para a região porque os verões não são tão quentes como no sul de Portugal, mas a natureza é tão exuberante quanto no norte da Europa.

 

A cidade de Aveiro fica a cerca de meia hora ao sul do Porto e também é chamada de Veneza de Portugal. Se você está procurando uma cidade com muita água e arquitetura tradicional, este é o lugar para você. Nos subúrbios da pequena cidade perto da praia, propriedades modernas podem ser compradas por menos de € 200.000. A cidade litorânea da Nazaré é conhecida mundialmente por suas extraordinárias condições de surf. Muitos recordes mundiais foram estabelecidos aqui, e suas tradições pesqueiras moldaram fundamentalmente o próprio local. A longa praia em forma de crescente é conhecida por sua beleza e praia de areia branca pura.

 

Uma pequena cidade mais ao sul é a cidade de Sines. Tem uma cidade histórica com castelo e uma grande instalação portuária. O filho mais famoso da cidade é o marítimo Vasco da Gama. Devido às fortes instalações da refinaria, a cidade era anteriormente evitada pelos investidores. Devido às políticas muito sustentáveis da última década, as condições ambientais da cidade se normalizaram significativamente. Isso traz de volta à vida o caráter bonito e tradicional. Estes são apenas três exemplos de cidades atraentes na costa atlântica portuguesa.

Alentejo

Alentejo Portugal

O Alentejo é uma grande região em Portugal, localizada acima do Algarve e que se estende até a capital Lisboa, da costa à fronteira espanhola. As paisagens e aldeias são correspondentemente diversas. Mas todos eles têm uma coisa em comum. Se você quiser fugir da agitação das cidades e centros turísticos, o Alentejo é o lugar para você.

No litoral, existem muitas aldeias de pescadores e pequenas cidades que permaneceram naturais. A paisagem costeira de Tróia à Zambujeira do Mar foi ainda incorporada no Parque Natural do Sudeste Alentejano. O interior da região é conhecido como a principal área de cultivo de sobreiros, que também caracteriza muitas paisagens com a sua forma carismática. As belas paisagens são comparadas por muitos viajantes com a Toscana italiana.

 

Uma das cidades mais importantes de Elvas foi classificada pela UNESCO como Patrimônio Mundial. Lá você pode visitar o Templo de Diana e ver como a cultura e a espiritualidade têm um caráter único.

 

O turismo na região não é muito desenvolvido, mas isso, por sua vez, faz parte da atração da região. Os preços da terra na região são muito baixos e os imóveis têm preços razoáveis. Se você deseja comprar imóveis com muito terreno, poderá investir com sucesso na região, mesmo com orçamentos menores.

 

Por entre 100.000 e 200.000 euros, você já pode comprar casas muito bonitas com terra. Muitos investidores interessados também optam pela renovação de uma propriedade antiga, como casas de fazenda. Os preços para essas casas são geralmente com terrenos entre 10.000 e 30.000 euros. Os baixos custos de mão de obra para os operários/pedreiros  fazem disso uma opção interessante, não apenas para os compradores.

North Portugal

North Portugal Geres

Quanto mais ao norte de Portugal você vai, mais você mergulha na sociedade portuguesa. A natureza é muito mais exuberante do que no sul, e aqui ainda é possível encontrar muitos pontos que as tendências sociais de aceleração e digitalização ignoraram até agora. Ao contrário de alguns rumores, o norte não é frio, mas em comparação é mais frio que o sul.

 

No norte, você encontrará muitas cidades pequenas que mantiveram seu charme e, em cujos restaurantes você vai em vão, pedir um menu em inglês. Cidades com esse caráter incluem Ponte de Lima, Vila Verde, Braga, Arcos de Valdevez, Guimarães ou Viana do Castelo. Ao mesmo tempo, as cidades têm uma boa infraestrutura. Aqui você encontra os melhores hospitais do norte de Portugal. Devido à infra-estrutura pouco turística e às belas paisagens, o norte ou em particular o Parque Nacional da Peneda-Gerês se tornou uma área popular de férias para os caminhantes e amantes da natureza.

 

Graças ao clima ameno, a região oferece condições ideais para passeios prolongados durante todo o ano. Além das trilhas sombreadas da floresta, as caminhadas circulares também oferecem trilhas desafiadoras para as montanhas e impressionantes vistas panorâmicas. A paisagem montanhosa complexa é um habitat para muitos animais selvagens, como lobos, gatos e cavalos selvagens. Nos vales, existem exuberantes vegetação e florestas, especialmente carvalhos, Prunus e as espécies de árvores protegidas globalmente Albergaria e Cabril.

 

No que diz respeito ao setor imobiliário, ainda é possível encontrar ofertas razoáveis para casas e, principalmente, terrenos no norte de Portugal. Ao escolher a região, deve-se fazer uma distinção entre uso pessoal e aluguel para turistas. O turismo de caminhadas ocorre no parque nacional e, portanto, o imóvel certo pode ser encontrado aqui. Se você não quiser alugar, poderá encontrar as propriedades dos sonhos no norte, por excelentes condições de preços.


Preços de imóveis por região

As regiões mais caras

Fonte: idealista.pt - base do comparativo apartamento de 5 quartos - 2018

Lisboa (cidade) 3.010 € pro m2
Cascais 2.333 € pro m2
Oeiras 2.000 € pro m2
Loulé 1.948 € prp m2
Lagos 1.787 € pro m2
Albufeira 1.709 € pro m2
Tavira 1.686 € pro m2
Porto 1.612 € pro m2
Lagoa 1.538 € pro m2
10º Funchal 1.534 € pro m2
11º Odivelas 1.523 € pro m2
12º Algarve 1.523 € pro m2
13º Vila do Bispo 1.485 € pro m2
14º Faro 1.454 € pro m2
15º Vila Real de Santo António 1.447 € pro m2
 
   

As regiões mais baratas

Fonte: idealista.pt - base do comparativo apartamento de 5 quartos - 2018

Pampilhosa da Serra 144 € pro m2
Penamacor 175 € pro m2
Freixo de Espada à Cinta 177 € pro m2
Mértola 185 € pro m2
Sernancelhe 196 € pro m2
Almeida 203 € pro m2
Vila Velha de Ródão 220 € pro m2
Figueira de Castelo Rodrigo 229 € pro m2
Trancoso 244 € pro m2
10º Monforte 244 € pro m2
11º Moimenta da Beira 247 € pro m2
12º Nisa 253 € pro m2
13º Gouveia 262 € pro m2
14º Calheta 265 € pro m2
15º São João da Pesqueira 266 € pro m2
 
   

Nível do mar em Portugal

Muitos compradores de imóveis em Portugal também consideram a proximidade da costa ao escolher a região certa. Um fator crescente é o aumento do nível do mar devido às mudanças climáticas. Infelizmente, temos que lidar com isso, mesmo que os efeitos sejam mostrados em algumas décadas. Em todo o mundo, o nível do mar pode subir até 82 cm até o final do século. Em 2050, os especialistas mundiais em clima prevêem um aumento de 17 a 38 centímetros.

 

O Relatório Mundial sobre Mudanças Climáticas de 2013 também aponta que o aumento do nível da água pode estar associado a tempestades oceânicas. Pode-se supor que os efeitos do aumento do nível do mar em Portugal não sejam tão graves quanto em outras nações da Europa. Portugal já começou a remover muitos edifícios que foram construídos muito perto da água nas regiões costeiras. Essa ação causou muito descontentamento entre os proprietários, mas, do ponto de vista geopolítico e ambiental, faz sentido.

Quais regiões serão mais afetadas pelo aumento do nível do mar?

A organização científica Climate Central forneceu simulações para as próximas décadas do aumento global nos níveis dos mares. Obviamente, essas simulações não são totalmente precisas e existem muitos outros efeitos no nível real do mar. No entanto, gostaríamos de fornecer os resultados de uma simulação para Portugal em 2040, pois eles podem ser um guia útil para a compra de uma casa.

 

As regiões mais afetadas em Portugal segundo o Climate Central são as costas de:

  • Aveiro
  • Figueira da Foz
  • Samora Correira região
  • Comporta
  • Lagos (Algarve)
  • Alvor
  • Portimão
  • Vilamoura
  • Faro
  • Olhão

Norte Portugal sea levels 2040 (simulation)

Sea level Portugal North

Source: Climate Control

Middle Portugal sea levels 2040 (simulation)

Sea level Portugal middle

Source: Climate Control

South Portugal sea levels 2040 (simulation)

Sea level Portugal South

Source: Climate Control


Comprar um terreno para construir uma casa

Além de comprar um imóvel existente, comprar um terreno em Portugal é uma alternativa cada vez mais popular. Muitas vezes você pode encontrar uma casa antiga no terreno, que pode ser reformada ou removida. Você pode comprar propriedades fantásticas, especialmente no interior do país, a preços muito razoáveis. Na costa, especialmente no Algarve, isso é muito mais difícil. Se você está interessado em uma propriedade em Portugal, planeje bem sua compra, apesar dos preços baixos e leve em consideração vários aspectos ao escolher. Deve ser verificada previamente em que medida a reforma vale a pena em comparação com o novo edifício. A nova construção de casas costuma ser lucrativa porque os custos de construção são relativamente baixos e você pode realizar suas idéias pessoais.

Custos de propriedade

O custo do terreno com uma licença de construção varia de acordo com a área. Nas áreas rurais próximas às grandes cidades, os preços variam de € 20 a € 40 por metro quadrado, enquanto na costa do Atlântico, os preços podem subir de € 120 a € 180. No Algarve, os preços podem variar de € 400 a € 1000 por metro quadrado (e mais) para uma propriedade de primeira classe. No interior, os custos são significativamente mais baixos e, nas áreas rurais, as terras agrícolas podem ser compradas por alguns euros por metro quadrado. Dependendo da qualidade e localização, os custos de construção variam entre € 400 e € 1.600 por metro quadrado. O imposto sobre transferências de imóveis (SISA) é de 6,5%.

Compra de terrenos

A compra de um imóvel não deve ser subestimada, apesar dos preços mais baixos. O ponto mais crucial é que o investidor possui a necessária licença de construção (terreno urbano) e que a propriedade é grande o suficiente para a construção de uma casa ou do edifício que você está considerando. Se já existe um prédio antigo na propriedade que foi legalmente construído, o processo é muito mais fácil. Portanto, verifique se o inventário de moradias foi oficialmente registrado no cadastro imobiliário na câmara.

 

Você também deve verificar exatamente o que foi inserido no registro oficial. Pode acontecer que apenas uma parte da propriedade tenha sido legalmente construída ou que os edifícios auxiliares tenham sido convertidos em área útil, o que pode se tornar um problema quando você deseja vender a propriedade posteriormente. Também é possível construir em terras agrícolas, mas existem limites estritos para terrenos e edifícios. Você pode obter essas informações na prefeitura local (câmara municipal). Algumas propriedades não são adequadas para construção porque são muito íngremes ou protegidas. Verifique se não há restrições através de linhas de alta tensão, linhas de água ou direitos de passagem que possam afetar o planejamento do edifício.

 

Lembre-se de que o custo da prestação de serviços imobiliários em uma área rural remota pode ser mais caro e é necessário um fornecimento de água confiável. Ao comprar um terreno em Portugal, verifique se o contrato de compra depende da obtenção da licença de construção necessária.

Você deve receber uma confirmação por escrito de que a propriedade foi inserida corretamente no cadastro local. Além disso, verifique se a licença de construção correta está disponível. Algumas parcelas são oferecidas em seções para venda, embora a divisão ainda não tenha sido oficialmente aprovada. A aprovação deve estar disponível no momento da compra ou fazer parte do contrato preliminar como um contrato. Também é sempre aconselhável que o imóvel seja medido oficialmente antes de comprá-lo. Isso custa cerca de € 800. Se a licença de construção estiver incorreta ou o prédio antigo já tiver sido construído ilegalmente, você poderá esperar multas altas. Um novo prédio geralmente precisa ser demolido novamente.

Observe que pode levar muito tempo para obter uma licença de construção em Portugal. Na maioria das vezes, leva cerca de seis meses até você obter a aprovação.

 

A maioria das empresas de construção oferece pacotes que incluem o terreno e o custo de construção da sua casa. No entanto, nem sempre é aconselhável comprar o terreno para construção em Portugal da construtora. É aconselhável comparar os diferentes custos de terrenos e construção e procurar outras ofertas. Se você decidir comprar um pacote completo de um empreiteiro, deve insistir em contratos separados para o lote e a propriedade. Na melhor das hipóteses, você receberá a escritura antes de assinar um contrato de construção.

Construtoras

Ao procurar um arquiteto e uma empresa de construção, a melhor opção é obter recomendações de amigos locais em quem você confia. No entanto, lembre-se de que os agentes imobiliários locais nem sempre são os melhores contatos, pois geralmente recebem uma comissão. Basta perguntar aos seus futuros vizinhos ou representantes na prefeitura.

 

Muitos arquitetos portugueses falam inglês e também há arquitetos de outros países da UE que trabalham nas principais áreas. As taxas dos arquitetos geralmente são calculadas como uma porcentagem do custo total da construção, normalmente em torno de 5%. Muitas vezes, os arquitetos estão interessados em maiores custos de construção. Fale sobre o assunto claramente antes do comissionamento e, se necessário, defina um limite para compensação. O aspecto mais importante na construção de uma nova casa não é apenas a reputação da construtora, mas também sua situação financeira. A empresa de construção deve apresentar uma garantia de conclusão.

 

Para ter certeza de que está escolhendo a empresa de construção certa, visite outras casas que eles construíram e talvez converse com vizinhos e pergunte se eles tiveram algum problema durante o processo de construção e se estão satisfeitos com os resultados. Os padrões de construção em Portugal variam consideravelmente, portanto você nunca deve presumir que a oferta mais baixa também possui a melhor relação custo-benefício.

 

Contrato de construção

Em Portugal, normalmente, os contratos com as construtora já incluem o material que será usado na obra, assim o ideal é ter recebido recomendações por escrito de vários construtores antes de assinar um contrato. Às vezes, esse processo pode demorar um pouco, e você deve planejar cerca de 2 a 3 meses para isso. Os seguintes pontos devem ser incluídos em qualquer contrato:

  • Uma descrição detalhada do edifício (até o último detalhe, como interruptores de luz e conexões de energia) e uma lista de materiais a serem usados (em relação aos planos do arquiteto);
  • A localização exata e a orientação do edifício na propriedade;
  • O plano de construção e pagamento, que deve ser realizado em etapas, dependendo do andamento da construção;
  • Uma cláusula de penalidade para conclusão tardia;
  • Manter uma porcentagem (por exemplo, 5% a 10%) dos custos de construção como garantia contra defeitos;
  • Como as disputas serão resolvidas;
  • Todos os custos - incluindo taxas de arquitetura (salvo acordo em contrário)
  • O paisagismo;
  • Registro do novo edifício;
  • As conexões de serviços públicos (água, eletricidade, gás, etc.) à casa e não apenas ao canteiro de obras;
  • Isolamento (contra calor e frio) e proteção contra umidade;

Antes de aceitar uma oferta, ela deve ser verificada por um consultor de construção. Eles podem confirmar se é um contrato justo. Você também deve verificar se a oferta (que deve incluir uma parcela de 19% de IVA) é uma estimativa ou um preço fixo, pois o custo às vezes pode aumentar acentuadamente devido a cláusulas contratuais e alterações durante a construção. Um contrato deve ser examinado por um advogado, pois os contratos de construção são muitas vezes distorcidos em favor do cliente e concedem poucos direitos ao cliente.

 

Garantias

De acordo com a lei portuguesa, as empresas de construção são responsáveis por defeitos menores até um ano após a conclusão e defeitos estruturais por até cinco anos. Não é incomum que surjam problemas durante a construção, principalmente em relação a defeitos de material. Se você tiver problemas, geralmente precisa ser muito paciente e persistente. Um edifício concluído deve ser verificado por um engenheiro de construção quanto a possíveis defeitos e depois elaborado um relatório de problemas.

 

Se houver alguma deficiência, o avaliador deve determinar quem é responsável por ela. Arquitetos e empreiteiros em Portugal são legalmente obrigados a contratar um seguro de responsabilidade civil. Após a conclusão, o construtor deve marcar uma visita do conselho para garantir que a casa foi construída de acordo com os planos e códigos de construção. Após uma inspeção satisfatória, o conselho municipal emite uma licença de residência. Quando isso estiver concluído, uma propriedade deverá ser registrada na autoridade local, no escritório de finanças (Finanças) e no registro de terras local (conservatória de registro predial).


O processo de compra

buying process Portugal

Se você não tiver certeza sobre a compra de um imóvel em Portugal, é aconselhável que um advogado acompanhe o processo de compra. Trabalhamos com vários advogados de confiança. Ao trabalhar conosco, os custos para o advogado estão incluídos no preço fixo. Nossos advogados examinam a situação legal da propriedade. O foco aqui é a posição de propriedade do vendedor, a existência de cobranças e a verificação da segurança básica. Além disso, eles verificarão se o imóvel existe oficialmente na forma em que será vendido posteriormente. Além disso, teremos o prazer de verificar se as condições para uma licença de aluguel turístico são atendidas.

 

No caso da terra, é sempre aconselhável medi-la antes de comprá-la. Isso pode ser incluído como uma cláusula separada no contrato preliminar. O registro predial português estabelece a avaliação legal da propriedade e fornece informações sobre como a propriedade está estruturada. Você também pode obter informações sobre a legitimidade do vendedor e os possíveis ônus da propriedade. A caderneta predial é um extrato do registro tributário com informações sobre a situação tributária e as obrigações tributárias associadas à propriedade em Portugal.

 

As inspeções, que representam o trabalho de rotina, são incorporadas ao contrato de pré-venda habitual para compra de imóveis em Portugal (contrato de promessa de compra e venda-CPCV). O contrato preliminar é legalmente válido, mesmo sem participação notarial (cartório). O pagamento usual é um depósito de cerca de 10% do custo total. Com o contrato preliminar, o vendedor já deve apresentar o certificado de energia necessário para a propriedade. O mesmo se aplica a um extrato da entrada do cadastro imobiliário. O contrato preliminar deve conter os números de registro correspondentes dos dois documentos, que devem sempre ser verificados quanto à segurança. Além disso, as casas após 1951 devem ter uma licença oficial de uso, que corresponde às condições estruturais reais. Este documento explica a finalidade para a qual a propriedade foi construída e também garante que o edifício esteja sendo usado legalmente.

 

O contrato preliminar de compra (CPCV) geralmente contém uma passagem que obriga a outra parte a executar o contrato de compra notarial. Normalmente, é estabelecido um prazo de 2 a 3 meses para a nomeação do notário. No entanto, este período é negociável. Cláusulas ou requisitos relevantes para a compra também estão incluídos no contrato preliminar. Caso contrário, as reclamações por danos serão geralmente formuladas se o contrato real não se concretizar por outros motivos. Como regra, o comprador é responsável por um adiantamento de aprox. 10% do preço de compra. Por lei, os vendedores devem reembolsar à parte interessada o dobro do adiantamento se não cumprirem o contrato de compra. Se o comprador não cumprir o contrato de compra, o vendedor poderá manter o adiantamento.

 

No contrato preliminar, o vendedor deve informar ou listar os inquilinos existentes. O contrato de compra subsequente requer um formulário notarial, levando em consideração os aspectos de direito de herança, direito de família e direito tributário. O contrato é geralmente formulado pelo notário e não contém nenhuma cláusula acordada entre comprador e vendedor. Isso faz parte do acordo preliminar.

Ao contrário de outros países europeus, não é necessário um registro habitual do comprador no registro de imóveis, para que o comprador se torne o proprietário da propriedade em Portugal após a conclusão do contrato de compra notarial. No entanto, o registro deve ser feito por um advogado ou notário o mais tardar dois meses após a compra. Normalmente, os imóveis serão pagos com cheque bancário (cheque bancário). Para isso, você precisa de uma conta bancária portuguesa e do número de contribuinte português.


Os custos de compra

Como em outros países, a compra de imóveis acarreta outros custos além do preço real. Alguns desses custos são obrigatórios, outros são opcionais. Ficaremos felizes em ajudar. 

 

Custos obrigatórios (Portugal continental):

  • Taxas do notário: estão entre dois e três por cento do preço de compra e são incorridas durante a compra real;
  • Imposto sobre transferências imobiliárias (IMT): o imposto é escalonado e um máximo de oito por cento é devido. Para imóveis abaixo de 92.407 euros, não há taxa de transferência. Você pode simular o imposto aqui;
  • Imposto sobre a propriedade: esse imposto se diferencia dependendo da região e deve ser pago anualmente. A taxa está entre 0,3 e 0,8% do valor da propriedade, de acordo com a entrada no cadastro imobiliário. Portanto, não se deve surpreender se as informações registradas sobre o valor e o tamanho do imóvel geralmente se desviam fortemente da realidade;
  • Pedido de um número de contribuinte (NIF) aprox. 12,00 EUR;
  • Entrada no registo predial (cerca de 250 euros);
  • IVA sobre novos imóveis;
  • Imposto do selo: é pago na administração fiscal e deve ser apresentado ao notário ao assinar o contrato de compra. Isso representa 0,8% do preço de compra;

 

Custos opcionais:

  • Honorários legais: se você contratar um advogado, os custos variam de 2 a 3% do preço da compra. Esses custos estão incluídos em nossos serviços.
  • Comissão de corretagem:. Se você contratar um corretor português, paga até 5% do preço de compra

 


Opções de financiamento

Mesmo como cidadão não português ou quando não é um residente fiscal em Portugal, você pode ter o seu imóvel financiado por um banco em português. Como no resto da Europa, atualmente as taxas de juros são bastante baratas. O financiamento pode ser vinculado a uma taxa de juros fixa ou variável. A taxa de juros variável é baseada na Euribor. A Euribor é uma taxa de juros estabelecida diariamente por um grupo de bancos europeus. 

 

A taxa de juros de um empréstimo de taxa variável em Portugal está vinculada à taxa Euribor de 3 ou 6 meses. Os bancos, por sua vez, aumentam essa taxa pelas margens atuais. No final de cada período, o banco ajusta a taxa de juros à média dos meses anteriores. Como regra, os compradores não residentes em Portugal podem ter de 60 a 80% do valor da propriedade financiada. Os termos são de até 30 anos, com um limite de idade de 70 anos. Como em outros países europeus, as ofertas bancárias diferem não apenas nas taxas de juros, mas também existem muitas diferenças nas opções de pagamento e nos custos acessórios. As comissões para pagamento antecipado são fixadas em taxas de juros fixas (2%) e taxas de juros variáveis (0,5%). Portanto, você deve obter informações de um consultor financeiro independente ou de bancos individuais.

 

Recomendamos que você não lide apenas com um banco quando se trata de financiamento. Dentro de 2 a 3 meses após a assinatura do contrato preliminar de compra de imóvel em Portugal, o comprador deve comparecer à nomeação do notário. Os bancos precisam de cerca de seis semanas para tomar a decisão final sobre um empréstimo. No decorrer do processo, não é incomum o banco piorar as condições inicialmente garantidas. Para não depender de apenas um banco, os compradores devem falar com 2 a 3 bancos ao mesmo tempo.


Número de contribuinte português (NIF)

Para comprar um imóvel em Portugal, você precisa de um número de contribuinte português, equivalente ao CPF dos brasileiros. Você também precisará desse número para abrir uma conta bancária em Portugal. Recomendamos que nossos clientes solicitem o NIF (Número de Identificação Fiscal) ao pesquisar propriedades. O pedido do número de contribuinte não tem consequências fiscais; portanto, você não se torna automaticamente tributável em Portugal, a menos que forneça um endereço no país ao se registrar. A inscrição para o número de contribuinte é relativamente fácil, para fazer isso, entre em contato com um escritório de impostos em Portugal (Serviços de Finanças). Não é necessário entrar em contato com a administração fiscal no local da propriedade.

 

Você também pode ir ao escritório de impostos perto do hotel ou do aeroporto. Você receberá o número do imposto em cada agência fiscal depois de esperar um pouco. O número do imposto também pode ser solicitado à embaixada portuguesa em seu país de origem. Como o serviço das embaixadas não é bom, é recomendável aplicar-se localmente. O número do imposto é único e válido por toda a vida. Você precisa dos seguintes documentos para solicitar o número de contribuinte em Portugal:

• Um passaporte / bilhete de identidade válido;

• Comprovante de seu endereço. Se já estiver no seu cartão de identidade, isso será suficiente. Caso contrário, é possível mostrar uma fatura que mostre seu endereço.

Você receberá o NIF imediatamente. O custo é entre € 12 - € 15 por pessoa. Se você não quiser ser um residente fiscal em Portugal, deve fornecer o endereço do seu país de origem ao se registrar. Você também receberá todas as autuações em seu país de origem, o que é uma excelente vantagem se você não usar a propriedade durante todo o ano.


Certificado energético

Ao contrário de algumas opiniões nos fóruns, o certificado energético é obrigatório para a venda de edifícios novos e antigos em Portugal desde janeiro de 2009. Essa obrigação já existe quando pessoas físicas ou corretoras desejam anunciar a propriedade. Na maioria das vezes, esse não é o caso. Nesses casos, é crucial que o documento relevante esteja disponível quando o contrato preliminar e o contrato de compra real forem concluídos e que as informações também sejam registradas nos contratos.

O que é um certificado energético?

O certificado de energia é um documento que classifica a eficiência energética dos imóveis em Portugal numa escala de A + (muito eficiente) a F (ineficiente). O certificado é emitido por uma agência especializada autorizada de energia (ADENE). Ele também contém informações sobre propriedades de consumo de energia, como ar condicionado e preparação de água quente. Medidas para melhorar o consumo também estão listadas. O documento se aplica a edifícios residenciais e comerciais por dez anos.

O que determina a eficiência energética?

Vários aspectos estão envolvidos na determinação da classe de energia:

  • Localização da propriedade;
  • Ano de construção;
  • Seja uma casa ou um apartamento;
  • A condição da propriedade (paredes, telhados, pisos e vidros);
  • Equipamento técnico, como condicionadores de ar e aquecedores.

Portanto, vale a pena conferir o certificado energético antes de comprar para obter mais informações sobre o imóvel. Isso fica ainda mais claro quando documentos importantes, como cópias do plano de construção, licenças de construção urbana, registros, planos de instalação e especificações técnicas dos materiais de construção para o passe de energia devem ser enviados.

Quais são os custos de um certificado energético em Portugal?

As taxas reais de registro e emissão do certificado para uma casa variam de € 28 (T0 e T1) a € 65 (T6 ou superior) mais IVA. O preço do serviço estimado pelo técnico está no topo. O preço varia muito, dependendo do técnico, tipo de objeto e localização. Para apartamentos, dependendo do tamanho, o valor é de cerca de 100 a 200 euros. Para casas, o custo é de cerca de € 250 a € 320, dependendo do tamanho.

 

Em caso de não conformidade, as pessoas singulares serão multadas entre 250,00 e 3740,00 euros. As empresas podem pagar entre € 2500,00 e € 44.890,00.

Quanto tempo leva para receber o certificado energético?

Como regra, o certificado de energia é emitido dentro de 2 a 3 dias e deve estar disponível antes da compra do imóvel. A contratação de um arquiteto pode demorar um pouco mais. Você deve planejar quatro semanas aqui se quiser receber várias ofertas. Ficaremos felizes em fornecer informações e contatos para arquitetos certificados!


Como visitar imóveis em Portugal

Visitar propriedades em Portugal não é muito diferente do que em outros países. Uma diferença, no entanto, é que empresas maiores, podem ter sua visita à propriedade registrada com uma assinatura. Isso geralmente provoca irritação entre os compradores, pois você é solicitado a assinar algo que talvez ainda não entenda. No entanto, o pano de fundo dessa assinatura é um processo interno e não há más intenções. Em caso de dúvida, assine como "Mickey Mouse". Reunimos uma série de dicas em uma lista de verificação para facilitar a visualização de propriedades em Portugal:

  • Você pode usar o Google para explorar a casa e a área circundante antes da sua visita. Use esta oportunidade para tirar uma foto com antecedência e cancelar o compromisso, se necessário.
  • Verifique as fotos nos anúncios com antecedência para verificar se há problemas de mofo. Muitos danos ou descoloração da parede podem ser vistos nas fotos.
  • Seja pontual na hora acordada. Mesmo se você estiver de férias em um país do sul da Europa, o corretor sairá depois de um tempo e não voltará tão rapidamente.
  • Se você gosta da propriedade, primeiro deve guardar isso para si. Frequentemente, vemos os clientes correrem eufóricos pela casa e depois a negociação de preços era complicada. Fique calmo.
  • O gosto dos móveis é habitual em Portugal. Alguns clientes consideram o estilo de decoração mais do que a natureza da casa. Concentre-se na casa e não nos móveis.
  • Pergunte ao corretor tudo o que é importante para você. Em caso de dúvida, você não deve confiar nas declarações do corretor ou do proprietário. Você deve esclarecer muitos pontos, como opções de construção, propriedades vizinhas, etc. junto à administração da cidade através de um advogado.
  • Preste atenção aos danos causados pela umidade nas paredes. As áreas ao redor das janelas e as laterais do clima, em particular, são frequentemente pontos fracos. Em Portugal, normalmente não existem barreiras à umidade instaladas, o que pode ser visto nas áreas dos rodapés.
  • Além disso, revise os lugares na propriedade que podem não estar imediatamente acessíveis. Se a casa tiver acesso ao sótão, não deixe de dar uma olhada, e também atrás dos armários, se possível. No porão, geralmente parece bastante desarrumado. No entanto, você ainda deve procurar nos cantos para ver se há algum defeito de construção ou umidade. A restrição incorreta está fora de lugar aqui
  • Tire tempo suficiente para visitar e tirar fotos, se necessário. Muitas vezes, vimos compradores percorrendo a propriedade e as perguntas permanecem sem resposta depois.
  • Tome seu tempo para explorar a área ao redor da casa. Faça uma longa caminhada ou dirija pela cidade de carro. Se necessário, vale a pena retornar à propriedade em um horário diferente do dia e obter uma segunda impressão. Exclua que nada o está incomodando significativamente, como cães barulhentos, barulho da rua ou hotéis na área.
  • Verifique a orientação do sol ao visitar a propriedade. Todo mundo tem suas preferências aqui, alguns gostam de muito sol e outros menos.
  • Algumas casas já estão em aluguel turístico e são anunciadas como tal. Nesses casos, certifique-se de obter uma visão geral da renda e ler os comentários dos visitantes. Ambos podem ser feitos através de portais como Airbnb ou Booking sem muito esforço.

Imposto predial (IMI)

O imposto predial Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI) é pago anualmente em Portugal e em outros países. Você receberá a notificação no endereço registrado para o número de contribuinte em português. O imposto para apartamentos e casas varia entre 0,3% e 0,45% do valor do edifício depositado na administração fiscal. Para edifícios em terrenos agrícolas, o percentual é de 0,8%.

 

O valor do edifício Valor Patrimonial Tributário (VPT) necessário para calcular o imposto predial é inserido no Caderneta Predial. Se você deseja saber mais sobre o imposto predial antes de comprar um imóvel, vale a pena examinar o documento que deve estar disponível para a venda de um imóvel. Como regra, o valor registrado é extremamente baixo e, portanto, existem apenas montantes mínimos para o imposto predial.


Seguro de propriedade

O seguro de construção e de habitação é exigido por lei em Portugal. As apólices combinadas correspondentes são oferecidas por todas as companhias de seguros sob o nome "Seguro Multirriscos". Se você financiar sua propriedade com um banco português, a conclusão de uma apólice geralmente já está incluída nos contratos do banco. O tomador do seguro é responsável por manter o capital segurado do seguro do edifício atualizado durante toda a vigência do contrato.

 

Você deve se concentrar nos custos para a reconstrução da propriedade, levando em consideração a mesma construção e outros fatores. Por regra, as principais companhias de seguros em Portugal oferecem condições de seguro muito semelhantes. Os edifícios e o seguro residencial são geralmente oferecidos em três classes de desempenho. O valor do imóvel segurado é particularmente decisivo para o preço do seguro. Aqui, ajudaria se você escolhesse uma quantia realista para não arriscar um seguro insuficiente.

 

Valores muito altos também não fazem sentido, uma vez que as companhias de seguros financiam apenas uma propriedade proporcional em caso de dano. Os custos para edifícios de tamanho médio e seguro residencial são geralmente entre € 200 e € 300, dependendo da localização e do tipo de propriedade.


Operários/pedreiros  em Portugal

Ao comprar um imóvel em Portugal, há sempre a questão de quanto trabalho você ainda deseja investir na casa ou apartamento após a compra. Pode-se dizer que os custos para operários/pedreiros ou outros serviços em casa são significativamente mais baratos. Portanto, vale a pena incluir reformas nas negociações de preços.

Por exemplo, você pode contratar um pintor por apenas 80 a 100 euros por dia. Isso corresponde a salários por hora de aprox. 10 € - 15 €. Você pode obter novas janelas para uma casa independente por cerca de € 8.000 (por exemplo, janelas SHC). Portanto, vale a pena investir em imóveis na compra, que precisam ser reformados novamente. A vantagem disso é que você pode acompanhar a maior parte do trabalho e, é claro, também projetá-lo de acordo com suas idéias. A desvantagem é o trabalho envolvido. Ficaremos felizes em apoiar nossos clientes com isso. A maioria dos operários/pedreiros  e empresas de construção em Portugal normalmente ainda não tem uma grande presença na Internet. Isso torna muito difícil pesquisar e comparar à distância. Como em muitas outras áreas do país, é sempre útil perguntar por aí.

 

Especialmente nas áreas mais rurais, você pode obter as melhores dicas e recomendações em cafés, padarias ou outras lojas locais. Portanto, não confie apenas na pesquisa na Internet. Um corretor razoável deve poder fornecer contatos iniciais. Como eles podem não ser completamente neutros na primeira avaliação de esforço antes de comprar o imóvel, você deve sempre ter uma segunda opinião. Em Portugal, como em outros países, é comum se encontrar diretamente no local para discutir o trabalho. Depois de revisar tudo, enviam uma oferta por escrito a você.

 

Pode-se levar de duas a três semanas para que a oferta seja enviada. No entanto, preste atenção à disponibilidade dos construtores  com antecedência. Em muitos ramos de construção em Portugal, você não precisa de nenhum treinamento ou mestre-de-obras para poder oferecer serviços no mercado. Preço e concorrência nem sempre são indicadores confiáveis de qualidade. Portanto, é aconselhável ter o trabalho já concluído mostrado para negócios maiores. Se você tiver alguma dúvida sobre operários/pedreiros, teremos o maior prazer em ajudá-lo

 

 

 

Apesar do grande cuidado, não assumimos nenhuma responsabilidade pela atualidade, correção, integridade.